REVIEW: Bates Motel – “Midnight”: S01E10

aaa
Sinopse:
Romero decide agir, enquanto Norman acompanha Emma em um baile. Mais tarde, Norman recebe uma carona para casa de Miss Watson.

Postado por: Yuri Hollanda

Com uma season finale boa, mas não digna comparada com a temporada toda, Bates Motel encerra sua primeira fase. O aviso que o episódio trouxe, de cenas fortes a seguir, não cumpriu com o requisito. Cortaram justamente a cena que valeria o aviso.

O episódio começa com Norma desesperada depois do incidente com Jake no final do episódio anterior. O sinistro homem ameaçou seus filhos se ela não pagasse a quantia que Zack Shelby levou consigo quando morreu e não pagou o tráfico de garotas. Então Norma vai lá na delegacia, como de praxe, pedir a ajuda do Xerife Romero. O Romero irrita as vezes. Ele é tão “bléh” com qualquer coisa... mas enfim, ele diz para Norma não se preocupar, e depois vemos que ele cumpriu com o que disse. Mas vamos esperar para falar sobre isso.

A cena corta para Emma encarando o banner de baile de inverno da escola, e Norma pergunta se ela não quer ir com ele. Fofa, e um pouco comovente. É tão triste o Norman ignorando a Emma...
Logo depois temos uma cena na qual Norma pede uma arma para Dylan. Ela explica a situação com Jake, e Dylan diz que ela com uma arma é uma má idéia. Mas mais tarde vemos que Dylan cede, a Norma e ensina-a a como usar uma arma.

Depois temos uma cena chocante. Vemos Romero sozinho, entrando numa garagem com uma mala cheia de dinheiro. É claro, essa é a comprovação de que ele também era envolvido com o trafico das garotas. Aquele dinheiro estava com ele, e era o dinheiro de Zack Shelby, e o dinheiro que Jake estava procurando.

asasihaisuahisuahsauhsiSomos aprofundados mais ainda na mente de Norma. Ela vai ao psiquiatra, e ele lhe pergunta sobre sua família. Ela começa lhe perguntando o que ele a aconselharia a fazer para lidar com o estresse. Atuação de Vera Farmiga demais nessa cena.

Ela tremendo a voz, o peito, expressão... incrível. O Dr. Começa a lhe perguntar sobre sua infância. Ela fica visivelmente abalada com essa pergunta. Mas abre um sorriso, que conhecemos, é falso. Começa a falar que seus pais eram dóceis, que era filha única, e que todos a tratavam muito bem.

Mas mais tarde, no episódio, temos uma cena incrível, onde Norma conta para Norman que foi violentada pelo irmão, e que uma noite o pai chegou e os viram. Ela diz que o pai era extremamente violento, e que começou uma briga com o irmão de Norma, e a prateleira caiu na perna dela, o que explica a marca que ela tem na coxa. Essa cicatriz pareceu uma coisa, pra mim, forçada.

Deveriam tê-la mostrado antes. Pareceu uma coisa de última hora, para poder ser contada a história de Norma. De qualquer forma, a cena da conversa com Norma e Norman É uma cena extremamente bem atuada pelos dois (Vera e Freddie); Emocionante. Eles se abraçam depois, uma cena realmente bonita.
2222222Mais atrás no episódio, vemos que Norman está realmente “fissurado” em sua professora.

Ele a vê brigando com, o que parece ser, o seu namorado. Ele pergunta se ela esta bem, e ela começa a pedir-lhe para não contar a ninguém que ouviu eles brigando. Esse episódio é bem centrado na professora de Norman. Aliás, o grande acontecimento desse episódio, foi a relação de Norman e a professora. Como a série mostrava, os roteiristas vinham construindo um mistério entre Norman, Emma, Bradley e Sra. Watson (professora), na qual se centrava a especulação sobre qual das mulheres iam ser a primeira a ser assassinada por Norman. Pois bem, nesse episódio a pergunta é respondida. Mas falaremos sobre isso depois.

Norman está realmente passando por uma fase difícil. Imaginem mudar de cidade, largar amigos, escola antiga, ter uma menina que ele não gosta, gostando dele, gostar de uma garota que gosta do seu irmão, ter uma mãe que foi violentada pelo próprio tio na infância, e ainda se sentir assediado pela professora. É tanta coisa acontecendo com a vida dele...não é fácil ser Norman Bates.
Temos uma cena na qual Norman está visivelmente mudado e transtornado. Ele está se vestindo e não acha a meia que ele quer. Começa a gritar com a mãe, e a surtar, gritando, fazendo escândalo. Freddie Highmore muito bom surtando...
333Enfim, Norma e Emma saem para o baile, e, se prestarem atenção, a música que toca fala "Todo mundo tem segredos para esconder...". Bem apropriado, não?

Norman fica encarando Bradley. Emma percebe, e surta, claro. Começa a gritar com ele, e dizer que é ridículo ela ficar pensando que ele a levaria ao baile, para ele perceber que tem sentimentos por ela. "E você tem sentimentos por mim, Norman, mas é suficientemente estúpido para perceber". Ela fica realmente abalada, e sai andando.

Mas não foi só Emma que percebeu que Norman ficava encarando Bradley no baile. O namorado da menina também percebe. É quando temos uma das melhores cenas do episódio. O namorado de Bradley chama Norman para conversar lá fora. Todos sabemos que Norman vai apanhar, mas Norman é muito burro mesmo.

Ele leva um soco do namorado de Bradley, e ele diz "Fique longe dela", deixando Norman largado ali no chão, na chuva. Claro, o nervosismo dele atinge o auge aí. E ainda é surpreendido com a Sra. Watson o parando na rua e se oferecendo para levá-lo para sua casa e cuidar dele.
4444Somos levados ao desfecho do episódio.

Norman está levando a mala que era para estar com o dinheiro de Jake, mas Norma não o tem, claro. Ela enfia um travesseiro na mochila para parecer pesada. Chegando lá, ela vê que Romero já está no local. Desconfiada, ela se esconde e observa a cena. O que se segue, é um diálogo, tenso, mas surpreendente.

Romero joga a mochila no chão, e quando Jake vai pegá-lo, ele saca a arma e atira quatro vezes à queima-roupa em Jake, e derruba o corpo no lago. Depois, ele joga a mala com o dinheiro e diz “Não na minha cidade, seu pedaço de merda”.

Minutos finais do episódio, somos levados a casa da Sra. Watson. Ela está com um vestido vermelho, com os peitos bem avantajados e quase esfregando-os na cara de Norman. Fica a pergunta se isso tudo era imaginação de Norman, e ele já estava a matando.

 Norman vê, ou imagina, a professora indo para o quarto e tirando o vestido de porta aberta. Daí temos a certeza de que Norman está em meio a um surto psicótico, quando temos Norma toda caracterizada como a Norma de Psycho (com o cabelo preso bem em cima, uma roupa preta, recatada), e aí acontece um diálogo incrível, com uma atuação incrível de Freddie Highmore. A Norma imaginária diz:

- Que tipo de mulher convida um adolescente para casa dela, e troca de roupa num local que ele possa ver?
- Não é o que ela está fazendo.
- Claro que é.
- Não, ela está tentando me ajudar.
- Ela está tentando te seduzir.
- Não é verdade.
- Então por que ela não fechou a porta?
- Porque...
- Porque ela sabe que você está observando.
- Ela não sabe
- Claro que sabe. Ela quer que você veja o corpo dela. Ela quer que você a observe.
- PARE!
- Norman. Sabe o que tem que fazer.

5555555A cena corta para Norman correndo, fugindo da casa da Sra. Watson. Chega em casa, quase é atropelado por Norma, que sai do carro e pergunta “Norman, o aconteceu?” “Não sei. Emma ficou chateada, e tive que ir, e a Sra. Watson ia me dar uma carona, e depois só me lembro de estar correndo indo para casa”. Pela expressão de Norma, vemos que ela pensa “coitado do meu filho... tem problemas mentais”. Mas ela o abraça e o leva para dentro de casa, dizendo “Agora está tudo bem... tudo vai ficar bem”. E a câmera sobre, focando no outdoor do Bates Motel. Mas aí, quando o episódio parece ter acabado, somos surpreendidos com uma filmagem lenta, a câmera escorregando pelo chão e mostrando pingos de sangue, e aí vemos a o corpo da Sra. Watson jogado no chão, com o pescoço cortado.

O episódio termina sem nenhuma cena de Norman matando a mulher, e claro, isso me decepcionou um pouco. Mas de todo, foi uma boa season finale, talvez indigna do restante incrível que foi a temporada, mas boa. Minha nota final para essa temporada de Bates Motel é um merecido 9. Poucas séries mantêm uma temporada tão boa em termos de ritmo e roteiro, e ao mesmo tempo incríveis em atuação. Esse elenco é o ponto alto dessa série, é um show de atuação o tempo inteiro. Aguardo ansiosamente pela 2ª temporada.
"Você sabe o que tem que fazer, Norman"
- Norma Bates
 Nota do episódio: 8/10
Nota da temporada: 9/10

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO