Filme da Semana: As Vantagens de Ser Invisível

ImagemPor Enrico Scafutto

Um dos filmes que foge dos clichês adolescentes, As Vantagens de Ser Invisível com certeza merece um especial, mesmo que seja um filme bastante conhecido.

O filme conta a história de Charlie (Logan Lerman), um adolescente de 15 anos tímido e que sofre bullying na escola. Até aí tudo bem, porque parece ser mais um desses filmes americanos em que o adolescente sofre na escola e tudo se resolve de um jeito fácil. Mas Charlie conhece Patrick  (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), dois meio-irmãos que, além de serem mais velhos que ele, lhe apresentam o "mundo da adolescência", que envolve festas, sexo, drogas, etc.

Uma das cenas que virou a marca do filme, foi a que Charlie, Sam e Patrick estão em uma caminhonete. Após Sam escutar uma música no rádio, ela sobe em cima da caminhonete e abre os braços. Ao ver a cena, Charlie fica encantado e diz que se sente "Infinito".

Imagem

Mas afinal, o que é se sentir infinito? Essa é uma das perguntas que nós ficamos nos questionando. Se sentir infinito... o que será isso? Como você se sente infinito? Alguma vez você já saiu com seus amigos e ficou muito, muito feliz de estar perto deles, de estar feliz junto com eles? Pra mim, isso é que é se sentir infinito. É quando você está feliz com as pessoas que você mais gosta no mundo, e não quer se importar com coisas que te deixam ruim. É quando você se sente tão feliz, que você é capaz de se sentir até emocionado.


Outra cena que marcou o filme, foi a que Charlie vê a sua irmã (Nina Dobrev) beijando o namorado, que recentemente tinha lhe dado um tapa na cara. Charlie, ao ver a cena, pergunta ao seu professor de inglês: "Por que as pessoas legais escolhem as pessoas erradas para namorar?". E é aí que vem uma das melhores frases que eu já vi em um filme, que é quando professor responde: "Nós aceitamos o amor que achamos que merecemos."

Imagem
Agora, vamos falar das atuações. Vamos começar por Logan Lerman, que era um ator que nunca tinha feito um papel tão bem feito quanto antes. Ele consegue transmitir toda a inocência e a timidez de Charlie de um jeito incrível. Ezra Miller também está excelente como Patrick, e fazendo um papel totalmente diferente do Kevin, de Precisamos Falar Sobre o Kevin. Sua atuação foi ótima!

E acho que pra falar da Emma Watson como Sam eu preciso fazer um parágrafo separado. Lembram-se da Hermione Granger interpretada por Emma em todos os filmes da saga Harry Potter? Então, comparando aquela Emma com a Emma deste filme, você não consegue achar nenhuma semelhança! Emma com certeza foi o destaque do trio principal do filme, mostrando uma Sam feliz, amorosa, e amiga, que também consegue ser praticamente o oposto da Hermione.


Esse filme me trouxe várias lições de vida e também uma nova forma de encarar o mundo. Na minha opinião, ele não consegue ser mais lindo do que o livro, que com certeza é mais tocante. Mas mesmo assim é um filme perfeito, e que merece ser assistido para sempre. E como eu disse no começo, não é um filme que fica perto dos clichês. Assistindo ele, eu me senti... infinito!


Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO