Review: Hannibal "Relevés" (S01E12)

12 - Relevés.mkv_snapshot_36.13_[2013.06.16_02.08.31]


Sinopse:


Will afirma que o assassino que copia outros serial killers está vivo. As alucinações de Will se intensificam. Ao mesmo tempo, a manipulação sutil de Hannibal convence Jack de que Will é capaz de matar. Hannibal faz uma revelação surpreendente para Abigail.


Por Alina Oliveira

A temporada tá chegando ao fim, próximo episódio já é o season finale e vamos ficar um tempo sem ver essa maravilha de série, o minimo que se espera dos últimos episódios é que seja incríveis e que se superem. E é exatamente isso que conseguimos. Esse episódio foi absolutamente incrível, foram muitas cenas tensas, muitas explicações dadas, muitos pontos ligados. Um festival de respostas, demorou mas finalmente os roteiristas nos deram isso.

O episódio começa com Will conversando com Georgia Madchen, que foi a garota que ele salvou no episódio 10. Ela de maneira nenhuma parece ter qualquer tipo de inclinação suicida e apenas parece feliz por estar viva, mesmo que carregue a culpa de tantas mortes. Eles dois falam um pouco de como é ruim suas vidas e coisa e tal, Will quer tirar algumas informações sobre quem matou o Dr. Sutcliffe, mas ela não consegue dizer quem é. Logo depois Hannibal aparece com comida para Will (Carne humana, com certeza), atrás de conseguir, através de Will, informações sobre o que Georgia se lembra de ter visto, se ela se lembra de ter visto o Hannibal matando Dr. Sutcliffe. Eles também conversam sobre a situação mental de Will, e Hannibal diz que não falou sobre isso com Crawford, o que Will acha estranho, é possível que ele esteja aí, começando a desconfiar realmente de Hannibal.

Hannibal então, decide que é hora de Georgia morrer, antes que ela se lembre que foi ele quem matou o Dr. Sutcliffe. Essa é uma das melhores mortes da série, se aproveitando da vaidade feminina de Georgia, Hannibal põe um simples pente de plastico que, quando Georgia o passa entre seus cabelos produz uma faísca que incinera o ar na câmara de oxigênio em que está, fazendo parecer um suicídio. Brilhante. Ela pegando fogo é uma cena bem chocante para passar na TV aberta, NBC se destacando nesse quesito. Will é o único que acredita que Georgia não se matou.

Freddie Lounds ainda está querendo escrever o tal livro sobre Abigail. A conversa delas é bem interessante, como uma boa repórter investigativa ela consegue tirar muitas reações esclarecedoras de Abigail, pouco a pouco a levando ao limite de sua paciência, ela deixa claro que desconfia de Abigail, como também desconfia de Will. Porem, a cena é meio que tanto faz, Lounds não é o meu personagem favorito da série (bem longe disso). Pelo menos nesse episódio ela foi de alguma serventia real.

Will tem mais pesadelos e aqui, finalmente, temos algumas respostas conclusivas das metáforas intermináveis desses sonhos. Seu sonho se trata de Georgia, ainda com a aparência antes da internação, o guiando para fora de seu quarto, ele a segue até fora da casa e ela se vira para encará-lo e chifres perfuram seu corpo enquanto ele pega fogo, e então ela some e surge o tal veado recorrente dos pesadelos de Will. Fica claro, então, que o subconsciente de Will está tentando avisá-lo de que o assassino de Georgia é o mesmo de todos os outros assassinatos que ele teve a mesma visão do veado, o simbolismo é até bem obvio. O mais recente sendo relacionado com o assassinato do Dr. Sutcliffe, mesmo que indiretamente. Ainda sustento a minha teoria de que tem algo a ver com a estatua de veado que tem no escritória de Hannibal, e claro, tem a ver com os chifres da cabana em que Hobbs matava suas vitimas (e veados).

No dia seguinte Will vai contar suas teorias a Crawford, mas ele é bastante incompreendido. Eles vão conversar com a equipe forense, e então acham os resíduos do pente. Will conecta os pontos e chega a conclusão, correta, de que Georgia foi assassinada. Então ele acha a relação entre as vitimas do copiador (não se esqueçam que ele é o Hannibal) e as mortes de Georgia e Dr. Sutcliffe. E parece que o súbito insight de Will fez Crawford achar que ele já tá pirado, e vai discutir isso com Hannibal, eles faz as perguntas certa e pela primeira vez Hannibal não consegue dar as respostas perfeitas, assim Crawford começa a desconfiar de Hannibal também. Na verdade, ele desconfia mesmo é de que ele tá por fora de algo, que algum assunto está sendo escondido dele, e que tem algo a ver com o estado mental de Will.

Isso o leva a conversar com a psiquiatra de Hannibal, Dra. Du Maurier, que é bem evasiva nas respostas, o que não há duvidas, deixa Crawford ainda mais desconfiado. Aparentemente, Hannibal foi quem matou o tal paciente que atacou a Dra. Du Maurier, e isso fica ainda mais evidente na conversa cheia de mistério que já existiu nessa série. Seria ótimo ter uma cena de flashback desse acontecimento, seria muito ótimo mesmo. Ela tambpem aconselha Hannibal a parar de fazer o que quer que seja que ele está fazendo com Will (e o tumblr vai a loucura com seus ships nessas cenas...), o que, pelo que entendi, é as constantes tentativas de Hannibal a levar Will ao limite de sua saúde mental.

Will e Abigail tem uma conversinha cheia de significados sobre matar e gostar e blablabla, ela meio que começaa se abrir com ele sobre os assassinatos de seu pai. Will então a leva para sua antiga casa, onde os assassinatos aconteceram, para reconstruir o raciocínio do copiador. Will fala de suas teorias com Hannibal, e o deixa bem alarmado, ele o desencoraja sem qualquer rodeio, porem, Will segue com seu plano mesmo assim.

Enquanto Crawford vai chegando as suas conclusões corretas sobre Abigail com sua equipe forense e Freddie Lounds, Will está a caminho da casa de Abigail. Crawford vai atrás de Hannibal para saber o paradeiro de Will e ele começa a, pouco sutilmente, fazer com que Crawford pense que Will está completamente desequilibrado e capaz de ser o assassino copiador. O clímax do episódio começa a ser montado.

Will leva Abigail para a cabana do pai dela e em meio a todos os chifres de veados Abigail começa a falar de seu envolvimento com os assassinatos do pai. Por meio de metáforas, claro, como tudo nessa série. Will a pressiona por uma resposta, que ele já sabe qual é. E ela lhe responde, e ainda diz que Hannibal sabia que era ela quem trazia as garotas para o pai matar. Will conecta mais pontos aí, e nossa, que cena pesada essa. Hugh Dancy de parabéns novamente, ele torna o personagem é bem original. Ele imaginando matando Abigail é muito legal. Porem, Abigail vira a mesa e faz Will pensar que pode ser o assassino, mais um soco no saco de pancadas que é a mente dele (Rá! Viva a metáfora!). E então ele apaga. E acorda dentro do avião de volta para Virginia, sozinho.

Abigail fugiu de Will para se encontrar com Hannibal e contar o que aconteceu. Ela se sente protegida por Hannibal e conta a ele suas preocupações, que ela acha que Will pode ser o assassino. Hannibal diz que ele vai achar que é. Abigail, então, percebe que Hannibal era o copiador o tempo todo. E ela sabe que ele vai matá-la. Cena perfeita para terminar o episódio com um puta de um cliffhanger.

Se esse foi o penúltimo episódio, não consigo nem pensar no que será do season finale, expectativas são altíssimas. Ou o episódio será o melhor dá série (é o que esperamos) ou vai ser um fracasso. As coisas não estão parecendo boas para Will, ele vai ser culpado pelos crimes do jeito que Hannibal pretende que ele seja, talvez Crawford seja o único do seu lado no finale, quem sabe. O bom é que Will finalmente sabe que o que Hannibal é (em parte) e que finalmente a história da série tá andando como deveria, dependendo do final da temporada a próxima temporada será uma caçada para prender Hannibal ou Will. Mal posso esperar pelo próximo episódio.

Nota do episódio: 10

Promo do season finale legendada (PIRANDO COM ESSE PROMO!):

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=lXs898JRUtQ?rel=0]

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO