TOP 10 | Momentos Marcantes de Game of Thrones


Nosso TOP dessa semana é sobre a série mais comentada e amada do momento: Game of Thrones!
A super produção e adaptação da HBO dos livros escritos por George Martin volta amanhã, e para você que, como todos, sempre gosta de rever antes da estreia de uma nova temporada, esse TOP vai servir pra isso! Abaixo, listamos os 10 momentos mais marcantes e relevantes para a história da série, desde sua PRIMEIRA temporada, até a TERCEIRA!

PS: Contém spoilers das três primeiras temporadas.

10. A Luta de Brienne e Jaime contra o Urso
Não sei se sou o único, mas eu gosto da Brienne e sempre torço por ela. Toda essa jornada dela com Jaime contribuiu muito para que todos shippassem os dois, mas essa cena foi o ápice.  Apesar de toda agonia, a cena já estava boa somente com Brienne lutando, mas o Jaime chegando para salvá-la foi a ápice.


09. Daenerys na Casa dos Imortais
Eu acho que todo mundo que assiste à série torce pela Daenerys, e ela estava muito foda nessa cena. Tem como não vibrar quando ela derrota o Pyat Pree e se liberta? Na verdade, qualquer cena com os dragões em ação já é boa por si só. (Isso que eles ainda estavam pequenos.) Além da cena de Daenerys botando para quebrar, tivemos as cenas das ilusões pelas quais Pyat a fez passar, que também foram bem legais.


08. Porto Real se Revolta Contra Joffrey
Um dos momentos mais divertidos e ao mesmo tempo tenso da segunda temporada foi quando o povo de Porto Real se revoltou contra Joffrey. Com direito a merda na cara do irritante tirano, a cena parecia apenas uma piada, porém temos Sansa sendo perseguida e quase sendo estuprada (ainda esperando imagem dela com paquinha “não mereço ser estuprada” aparecendo nas interwebs rs) e por fim sendo salva por Sando Clagne, o Cão de Caça.


07. Dracarys!
Daenerys libertando os imaculados foi uma das muitas cenas incríveis da terceira temporada. A reviravolta, desde o momento em que ela revelou saber falar alto valiriano até o momento em que mandou Drogon e milhares de escravos se rebelarem na cidade de Astapor foi de fazer cair o queixo! Marcou a palavra “Dracarys” até na mente dos telespectadores mais esquecidos. No fim, tivemos a visão dos três dragões voando com os imaculados marchando no fundo. Tem algo mais épico que isso?


06. Os Selvagens escalam a Muralha
Na metade da terceira temporada, finalmente, o núcleo de Jon decidiu andar, e escalar quando os Selvagens finalmente chegaram a muralha. A cena não poupou morte de figurantes e brincou com a vida de dois personagens adorados. Os efeitos, para variar, foram incríveis para uma série de tv e tornou a cena, além de crível, fenomenal! Por fim, quando os “heróis” chegaram ao topo tivemos uma visão incrível do sul da muralha, com direito a beijo e a música tema tocando ao fundo para deixar tudo com um ar grandioso.



05. Os Dragões de Daenerys Nascem
O momento de passagem mais importante da série, no geral, foi quando Daenerys, após ser aparentemente queimada viva, apareceu com seus dragões no último suspiro da primeira temporada. A cena abriu portas para o aspecto de fantasia totalmente surreal na série, que até esse ponto era tão real e crua que deixou todos se perguntando se isso daria certo. Pois bem, 3 temporadas depois, vemos que os dragões não só cresceram, como também toda a mitologia de Game of Thrones. Os Dragões caíram como uma luva e podem ser considerados os percursores de efeitos dignos de cinema na televisão. 



04. Os Outros Chegam a Muralha
O final da segunda temporada, assim como na primeira, deixou os fãs com uma prova incrivel do que estava por vim na temporada que se seguia (infelizmente foi só uma provinha :/). Quando Sam, Pypar e Green cruzaram com uma horda de White Walkers (que poderiam ter saído de The Walking Dead) a sensação de perigo real se tornou ainda mais clara e a frase "O Inverno está chegando" até ganhou outro sentido.


03. A Batalha de Blackwater
A Batalha de Blackwater rendeu um ótimo episódio. Além da batalha, que foi fantástica, também tivemos todo o conjunto da obra: as cenas das mulheres no abrigo, Tyrion mostrando que é o mais inteligente de Porto Real, e também tivemos Joffrey se pelando de medo. (O que é sempre legal de ver, vamos combinar.) Como já falei, a batalha foi fantástica e deixou o tele-espectador preso durante todo o seu decorrer.



02. A Morte de Ned Stark 
 Quando assisti a esse episódio pela primeira vez, eu ainda não tinha lido os livros. Então, dá para imaginar o meu choque quando o Ned morreu no nono episódio da primeira temporada. Mesmo quando já estava para acontecer, eu fiquei no aguardo de uma reviravolta que tirasse ele de lá em cima da hora, que ele “fosse salvo pelo gongo”, ou alguma coisa do tipo. Afinal, o autor foi ousado, digamos assim, ao matar o “herói” da história logo no início. Desde o começo, o Ned parece ser aquele personagem “principal”, que sempre vai estar lá para consertar as coisas. Mas, enfim, se trata de uma história de George R. R. Martin, logo, não podemos ter certeza de que nenhum personagem irá sobreviver.


01. O Casamento Vermelho
Nem preciso falar muito sobre o Casamento Vermelho, certo? Com certeza, esse foi o episódio mais chocante da série, até mesmo para aqueles – como eu – que já sabiam dos acontecimentos dele. Um acontecimento digno de finale, mas que, como visto desde a primeira temporada, Game of Thrones gosta de mostrar nos penúltimos episódios. Apesar de que, na época em que o episódio foi ao ar, a HBO anunciou que teríamos um grande acontecimento, com certeza o Casamento Vermelho chocou  e superou as expectativas daqueles que não sabiam o que iria acontecer. Merece, e muito, estar no primeiro lugar desse TOP 10.

________________________________________

Ate o próximo TOP!
Não deixem de ler nossas reviews de GOT!

Yuri Hollanda

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO