TOP 10 | As Mães Mais Marcantes das Séries de TV

O TOP de hoje vai homenagear (como não poderia deixar de ser), as MÃES! Ano passado, nós fizemos um TOP de Mães Mais Marcantes do Cinema, e hoje vamos homenagear as nossas amadas mães das Séries de TV.
Tem as controladoras, as chatas, as amáveis, as que não são tão boas... mas mesmo assim nos marcaram de alguma forma, e vamos escrever sobre elas. Portanto, divirtam-se:


10. Marge Simpson (The Simpsons)
Com uma paciência quase inabalável e um temperamento forte, Marge Simpson representa bem as mães de todo o mundo, e não é atoa que ela tenha se tornado um ícone da Tv. Apesar das constantes confusões em que os filhos se metem, ela sempre faz o possível para consertar a situação, e sempre busca ver o lado bom da coisa. E, como se não bastasse, sempre que pode ela redireciona seu lado materno para quem precisa, sendo uma mãe até pro próprio Marido.  
Não há duvidas de que a matriarca da famosa família amarela mereça um lugar na lista.


09. Gloria Delgado (Modern Family)
Óbvio que uma das melhores personagens de Modern Family não poderia ficar de fora dessa lista. Gloria, mãe de Manny e Joe, desde o começo da série não mede esforços para ajudar os filhos. Apesar de o seu jeito espalhafatoso ser motivo de piada na série e fazer o Manny passar vergonha, ela é uma ótima mãe, principalmente, quando se leva em conta as dificuldades que ela passou para criar o filho antes de conhecer o Jay. Tomara que tenhamos muito mais Modern Family pela frente para que possamos acompanhar essa personagem que tanto nos faz rir.


08. Ruth Fisher (Six Feet Under)
Ruth Fisher é a mãe que eu mais amo de todas as mães que eu já vi, tanto na TV, quanto no cinema. É a pessoa mais adorável que existe, e é quase impossível não se apegar a ela. Sempre criando os filhos do jeito mais amável possível, e compreendendo-os sempre.
Os que assistiram a lendária Six Feet Under sabem que, dentre todos os personagens, Ruth é a mais decente. É quase impossível não rir com os surtos dela, que aparecem em quase todos os episódios, sua luta para levar a vida adiante com a perda do marido, e a desestruturada família, e suas aventuras amorosas póstumas à morte do
Uma personagem incrível.


07. Skyler White (Breaking Bad)
Durante toda a trajetória de Breaking Bad, dentre todos os vilões que essa série trouxe, passando por cima de todos esses, talvez a personagem mais odiada tenha sido Skyler White. Com poucas exceções, inclusive por minha parte, Skyler era realmente dada ao valor, e eu sempre enxerguei isso nela. Ela, pra mim, sempre foi um exemplo de força, e sempre esteve do lado de Walter, seu marido, por mais que visse que ele estava errado a maioria das vezes. Sem contar no seu filho, que sempre foi dependente, e ela sempre arcou com as suas responsabilidades. Depois, com a chegada do bebê, ela se esforçou ainda mais, e lutou até o fim para protegê-los, da tragédia que sua vida se tornou com o caos que o marido construiu. Um exemplo.


06. Alicia Florrick (The Good Wife)
Alicia é a mãe que mesmo sem recursos tenta se manter sã para ser o modelo ideal para seus filhos, mesmo depois do escândalo público e da prisão do marido, refaz sua vida voltando a trabalhar depois de anos como dona de casa e cria um novo ambiente familiar para seus filhos.
Ela se torna o centro da família, e luta contra a insistente sogra que tenta se meter na educação de seus filhos, além de claro ter que lidar com as dificuldades do trabalhos estando tão baixo na hierarquia do escritório em que trabalha.


05. Sarah Manning (Orphan Black)
Sarah é uma mãe jovem, que desde o início de Orphan Black, se mostrou bem diferente. Para início de conversa, ela não é bem encaixada na vida social, tendo praticado um bocado de crimes, alguns graves, outros não, e está disposta a tudo para proteger Kira, sua filha. Nessa segunda temporada, ela já mostrou que é capaz de tudo para protegê-la, como atirar em dois de uma vez, quebrar uma parede com um extintor, se infiltrar numa grande empresa, roubar, dentre outras coisas.


04. Gemma Teller (Sons of Anarchy)
Gemma Teller é, talvez, a mãe mais destrutiva dessa lista. A matriarca da família Teller faz de tudo para controlar o que acontece ao seu redor, principalmente na vida de seu filho. Sendo extremamente gananciosa, Gemma está disposta a tudo para ver seus objetivos alcançados, mas não podemos deixar de lado o fato dela amar incondicionalmente seu filho e netos, e nada a deixará longe de deles, nem mesmo a nora. Se ela foi capaz de planejar a morte do próprio marido, ela é capaz de muito mais.


03. Rochelle (Everybody Hates Chris)
Rochelle, com certeza, é uma das mães mais marcantes que já passaram pela TV. Aquela que brigava, e muito, com os filhos, mas tudo pelo seu bem. Óbvio que as broncas ganhavam bastante destaque, afinal, o Chris sempre tinha que se dar mal, mas ela não deixou de ser uma mãe bem foda. Apesar de seus gritos característicos, de nunca ficar no mesmo emprego por muito tempo, de achar que o famoso “xarope” cura qualquer coisa e de ser um tanto quanto esnobe, ela não poderia deixar de estar entre as mães mais marcantes das séries.


02. Catelyn Stark (Game of Thrones)
Se tem algo que não se pode dizer de Catelyn Stark é que ela não é uma mulher devota à família. Ela pode ter muitos defeitos e talvez não ser o personagem favorito de ninguém, mas que é uma mulher que vai até o inferno e não mede sacrifícios pelos seus, isso é algo inegável. Talvez sua força seja exatamente essa, na defesa de seus filhos e marido, ela pode não ser uma guerreira ou lutadora no sentido literal da palavra, mas quando se trata em proteger sua prole, Catelyn faz jus ao lobo que simboliza os Stark. 


01. Norma Bates (Bates Motel)
Norma Bates é uma mãe histórica. Sem dúvidas, merece estar em 1º lugar, pois sem ela não teríamos um dos pilares do terror cinematográfico, Psicose, nem do literário, de mesmo nome, e sem ela, não teríamos uma das melhores séries atuais, Bates Motel.
Norma é uma mãe super controladora, mas que acima de tudo ama seu filho, Norman, e faz de tudo por ele, inclusive roubar, matar, mentir, etc... O relacionamento dos dois é bastante conturbado, tem muito apelo pelo lado do incesto, principalmente na série. Mas é sempre bom ver mãe e filho em cena, e o que ela é capaz de fazer por ele.

Yuri Hollanda

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO