TOP 10 | Casais Marcantes das Séries de TV

Essa semana tivemos o DIA DOS NAMORADOS e para comemorar a data o Estante Nerd retornou (depois de um tempinho sem) com o TOP, e hoje listaremos DEZ CASAIS MARCANTES DAS SÉRIES DE TV.
Mas não pense que só listamos aqueles casais que tiveram finais felizes. Os trágicos, como Walter & Skyler de Breaking Bad e Carrie & Brody de Homeland também estão na lista.
 Mas também há espaço para os divertidos como Cuck & Sarah de Chuck, e Seth & Summer de The O.C.
Pois bem, vamos lá. Divirtam-se, e deem sugestões de outros TOPS lá nos comentários.


10. Walter & Skyler (Breaking Bad)
Está aqui um casal que passou por muitas coisas e provou que nem sempre temos finais felizes. A série começa mostrando Walter e Skyler se relacionando muito bem, a família esperando o bebê nascer o trabalho estável (na medida do possível) de Walter e tudo o mais. Entretanto Walter acaba sendo diagnosticado com câncer, e isso nem é o que desestabiliza a relação dos dois, mas sim as mentiras que ele conta para esconder seu envolvimento com a venda de metanfetamina.
No decorrer das cinco temporadas vemos acontecer muitas coisas entre os dois, mas os acontecimentos com mais consequência para a relação dos dois é quando Skyler trai Walter e quando ela descobre sobre as atividades ilícitas dele. A dinâmica muda, porém Walter nunca deixa de ama-la o que é até bem bonito se pararmos para pensar, mesmo que seja um amor já bem desgastado pelo tempo e por tudo que aconteceu, até o fim ele ainda pensa em sua família, até porque se ele não se agarrar a isso tudo teria sido em vão.
Não são um casal pela qual torcemos, ou deixamos de torcer, mas sim são um casal que nos entretêm do começa ao fim, é interessante demais ver a interação entre os personagens, sendo se amando ou se odiando.


09. Sookie & Bill (True Blood)
O amor dos dois já passou por vários momentos, do auge ao precipício. Sookie teve a vida virada da agua pro vinho a partir do momento que conheceu o Vampiro Bill, e tudo que ele queria era fazer bad things com ela. Ainda não se sabe se eles ficarão juntos no final pois existem muitos no páreo, mas sinceramente fazendo uma avaliação geral eles são almas gêmeas, feitos um para o outro, e não tem Eric ou Alcide que fale "Sooookie" do jeito que o Bill faz. Como ele mesmo disse, a ama 20x mais que qualquer um.


08. Tate & Violet (American Horror Story)
Na primeira temporada de American Horror Story, um dos ápices da série era o romance vivido entre Tate Langdon e Violet Harmon. Tate, interpretado por Evan Peters é um menino que tem a sua vida mudada após conhecer Violet (Taissa Farmiga) e assim, resolve parar de “ser mau” para impressionar a garota, o que não dá muito certo, já que Tate acaba estuprando a mãe de Violet. Na 3ª temporada da série, Evan Peters e Taissa Farmiga dão vida ao casal Kyle e Zoe, que se torna um romance bem diferente do que vimos na 1ª temporada.


07. Carrie & Brody (Homeland)
O conturbado e proibido relacionamento entre uma oficial da CIA e um acusado de terrorismo foi acontecendo sem nenhum dos dois, inicialmente, querer. Ela, além de ter um cargo altíssimo e de enorme importância, sofre de um sério transtorno de bipolaridade, e ele acabou de voltar da guerra depois de quase uma década,  com uma família  inteira o esperando. Mas a química entre os dois, desde o início, é inabalável, e o romance (apesar de nada romântico) é iminente. 
Mas Homeland, realista como sempre foi, não deixa aberturas para um final feliz, e desde o começo, o sentimento agridoce de algo trágico por vir é presente. Mas foi ótimo e deliciosamente dramático enquanto durou, e Carrie & Brody se firmam entre os melhores casais que alguma série já teve.


06. Chuck & Sarah (Chuck)
É impossível não shippar esses dois. Logo na primeira interação deles no episódio piloto, já dava de ver que iria ter alguma coisa ali. No começo, a “premissa” deles era bastante clichê: a mulher bonitona se apaixona pelo nerd. Mas, com o tempo, a relação deles foi crescendo e chegou aonde chegou, sendo um dos casais de séries que eu mais torci. Mesmo com todos os encontros e desencontros ao longo da série, que eram agonizantes para quem shippava os dois, esse foi um dos casais que eu mais gostei de shippar. 


05. Seth & Summer (The O.C)
Esse foi outro casal que começou de forma clichê: a menina mais popular do colégio se apaixona pelo menino mais nerd do colégio. Ao longo das quatro temporadas da série, o casal teve muitas idas e vindas e foi outro casal pelo qual era difícil não torcer. Sozinhos, eles eram ótimos personagens, e o relacionamento dos dois foi bem trabalhado na série. A forma como eles funcionavam como casal e se completavam foi bem mostrada. Eles mais do que merecem estar nesta lista.


04. Chuck & Blair (Gossip Girl)
Esse casal surgiu como uma surpresa para quem assistia a série, e rapidamente se tornou uma força a ser reconhecida. Era difícil não notar a química inegável entre entre o bad boy e a crazy bitch (graças ao trabalho magnífico de Ed Westwick e Leighton Meester), e logo eles se tornaram o casal mais importante de Manhattan.Mesmo com tantos jogos perigosos entre os dois, como cenas de ciúme armadas, sexo na rua e uma aposta de beijo com alguém do mesmo sexo, Chuck e Blair provaram serem feitos um para o outro. E nenhum império milionário, pai inescrupuloso ou qualquer plot louco conseguiu mudar isso.



03. Rachel & Finn (Glee)
Um dos casais mais queridos da década televisiva surgiu na série musical Glee. Desde o início, lá no piloto da série, o romance dos dois já demonstrava raízes, e já no segundo episódio, a proposta do romance ficou clara. Um era mais diferente do que o outro: Rachel ambiciosíssima, do tipo que faz tudo para conseguir o que quer, e conquistar seu sonho de estrelato. Ele, o "pegador" clichê da escola, que tem um desejo interno muito diferente do que todos os seus amigos. Os dois engatam num romance de colegial que foi lindo de se ver enquanto a série era boa. Mas Glee foi desandando, e Finchel também. Na vida real, Lea & Cory também namoravam, mas foram separados pela lamentável morte do ator. Na série, como respeito a Cory, o personagem também morreu, e o trágico final de Finchel foi esse. Triste saber que nunca veremos Finchel juntos no final da série.


02. Damon & Elena (The Vampire Diaries)
O casal que não era pra ser, mas foi. Simplesmente perfeito, uma das químicas mais lindas e reais. Ele era um simples terceiro dentro do triângulo amoroso, um antagonista que "atrapalhava" o casal principal, e de repente não só o público caiu de amores por ele, mas a mocinha também, e então o bad guy virou o príncipe encantado, o namorado ideal, o homem certo, e Damon deu para Elena o melhor dele, tudo que havia de bom nele simplesmente foi em função dela, e ela se entregou para ele. O legal não é encontrar alguém perfeito e ser feliz com ela, mas sim encontrar alguém que te ame tanto que quer a batalha de ser o perfeito para você. Por isso, Damon merece ser feliz com sua Elena.


01. Rachel & Ross (Friends)
O casal é tão popular que virou uma espécie de protótipo, é possivel ouvir referências a eles em várias outras séries, filmes, etc. Aquele casal típico do cara nerd e da garota perfeita e popular que simplesmente descobrem que pertencem um ao outro, a diferença foi que eles demoraram quase duas décadas para descobrir isso, antes foram melhores amigos, namoraram, se casaram e tiveram um bebê juntos... uma história de amor contada ao contrário. Para sempre lobsters.

Yuri Hollanda

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO