Crítica | Silicon Valley - 1ª Temporada


Quando soube que a HBO estava produzindo uma série que contaria alguma coisa envolvendo o vale do silício, tive dois pensamentos - ou teremos uma série revolucionária ou teremos uma grande bobagem que o canal tentará esquecer pelo resto do ano. Mas a boa fase da emissora parece que ajudou a espantar o demônio do desastre, já que este ano a HBO não levou nenhum fracasso ao ar, muito pelo contrário, tivemos apenas grandes séries produzias em 2014 - "Looking", "True Detective" e as temporadas de "Girls", "Veep" e "Game Of Thrones". Mas o que dizer sobre "Silicon Valley"?

Como disse, a série poderia ser um grande triunfo da HBO ao encontrar o público nerd, que limitava-se a assistir "Game Of Thrones" ou uma grande burrada por deixar escapar os fãs de uma boa comédia que tiveram que assistir "Veep" mais tarde, nos EUA. Não pense que vou morrer de amores pela série nos próximos parágrafos, até porque se tem uma coisa que não faço com meus leitores é mentir, por isso posso começar dizendo que o piloto de "Silicon Valley" foi um dos piores que eu já assisti (talvez) em toda a minha vida de série maníaco.

Felizmente, ou infelizmente para os haters, a série se deu ao luxo de ter apenas um episódio ruim na sua trajetória, porque a partir do segundo episódio vimos uma série muito diferente daquela que foi vista no piloto. Os atores começaram a trabalhar melhor, o roteiro fico mais preciso nas suas posições e a história ficou muito mais fácil de se entender, porque vou te confessar, fiquei com aquela cara de paisagem quando os personagens começavam a falar sobre algoritmos, programação e afins sobre o assunto.

Não posso dizer que os atores são os mais carismáticos e que são as revelações do ano na televisão, porque não, a maioria daqueles ali serão esquecidos quando a série acabar porque não deram motivos para que o telespectador os guardassem na cabeça. No entanto, usei o termo "maioria" que significa que tivemos um ator que se destacou em meio ao marasmo - Thomas Middleditch que me fez repensar a minha opinião sobre o futuro da nova geração de atores. É um jovem ator que demonstrou muita qualidade, maturidade, sensibilidade por entregar aquilo que o roteiro pedia e muita humildade, porque não é qualquer um que mantém a mesma postura após protagonizar uma série na HBO.


Se você comparar o piloto, que repito foi muito ruim, com o Season Finale vai pensar que viu duas séries completamente diferentes. No episódio 08, mais conhecido como "Optimal Tip-to-Tip Efficiency", que também foi o melhor da série, vimos um roteiro mais consciente na história que queria contar, porque antes ficávamos em dúvida se era uma história de nerds em busca de sexo ou contar os bastidores (de uma maneira romantizada) da busca do sucesso no Vale do Silício.

Espero que para a segunda temporada, "Silicon Valley" não só continue com os episódios ao nível do Season Finale como continue contando sua ótima história que demorou muito a aparecer. Até o ano que vem, e espero trazer-lhes boas notícias.


Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO