Resenha | A Guerra (Mundo em Caos - Livro 3)

Título: A Guerra
Título Original: Monsters of Men
Autor(a): Patrick Ness
Editora: Pandorga
Ano: 2013
Páginas: 544

Sinopse: Três exércitos marcham em Nova Prentisburgo, cada um tentando destruir os demais. Todd e Viola se vêem presos no meio do conflito, sem possibilidade de fuga. Depois que as batalhas começam, como eles poderiam interromper a luta? Como eles poderiam estabelecer a paz sendo eles a minoria? E, se a guerra transforma homens em monstros, que terríveis escolhas os esperam?

Confira as resenhas dos dois primeiros volumes da trilogia clicando aqui.

A Guerra é o terceiro volume da trilogia Mundo em Caos que, apesar das expectativas altas, não decepcionou. Patrick Ness conseguiu manter o nível apresentado nos outros dois volumes e deu um ótimo final para a história.


Assim como em A Missão, neste volume temos os pontos de vista de Todd e Viola, o que deixa a história com uma boa fluidez. A escrita do autor também colabora com isso. Por mostrar, basicamente, os pensamentos dos personagens, a narrativa é bastante rápida e envolvente.

O plot em si também não decepcionou. O autor não enrolou em nenhum momento e seguiu a história como deveria, com o ritmo frenético apresentado nos outros volumes. As mais de quinhentas páginas passaram voando. Esse é o tipo de livro que você lê sem perceber o tempo passando.

Como dito anteriormente, como final de uma trilogia, A Guerra não decepcionou. O ritmo da narrativa é ótimo, cheio de acontecimentos que não te deixam largar o livro. Nele, também temos aquele típico clima de último livro, em que tudo pode acontecer.

Outro ponto do qual eu já havia falado nas outras resenhas é o desenvolvimento dos personagens. O autor conseguiu fazê-lo de forma incrível. Tudo que acontecia, desde o primeiro livro, deixava marcas nos personagens e não acontecia só por acontecer. E agora, ao final do terceiro livro, isso fica ainda mais claro.

Recomendo demais não só este livro, mas a trilogia inteira. São livros pelos quais você não dá nada ao ler a sinopse, mas que te surpreendem. E muito.



Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO