Review | Supernatural - The Things They Carried (S10E15)



Após o incrível episódio que antecedeu o hiato, Supernatural retorna com uma história típica da série, mas um pouco decepcionante.  Foi interessante? Foi. Teve uma trama legal o bastante para  me deixar, pelo menos, um pouco interessado? Teve. Mas depois de todo esse hiato, acho que todo mundo estava esperando algo da trama principal, não? 

Dean e Sam chegam até uma criatura que faz com que as pessoas ajam de forma totalmente estranha e que fiquem com muita, mas  muita sede. No meio do caminho, eles se deparam com Cole, aquele que queria se vingar de Dean no início da temporada. O interessante foi o ver dependendo dos Winchesters, principalmente de Dean, para sobreviver, sendo que ele havia sido “possuído” pela criatura. 

Como disse anteriormente, foi interessante ver um caso desses. O desenvolvimento foi legal, ainda mais com a aparição de Cole. Mas poderiam ter exibido esse episodio em outro momento. Foi um banho de água fria ir assistir ao episódio todo empolgado, esperando o desenvolvimento do plot da Marca, e ver mais um filler.

Após dez temporadas, estou mais do que acostumado com os fillers de Supernatural, e até gosto deles. Só não gosto deles em premieres e retornos de hiato, por exemplo. 

No geral, foi um episódio bom. As minhas expectativas que estragaram. Faltando oito episódios para o fim da temporada, teremos mais alguns fillers e mais um hiato também. Vamos aguardar e ver como será essa reta final e qual será o gancho deixado para a próxima temporada.


Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO