Review | The Walking Dead - Spend (S05E14)


 Um episódio mediano, mas com uma das cenas mais fortes da série.



Após me surpreender com o episódio da semana passada, The Walking Dead, desta vez com ‘Spend’, decepcionou. Toda aquela dinâmica apresentada na semana passada foi deixada um pouco de lado e a série voltou a focar nas típicas cenas de perseguição com zumbis. Não que tenha sido especificamente isso que me decepcionou, afinal, a série é sobre zumbis. 

O que eu estava achando interessante era justamente as relações entre os personagens nesse novo ambiente. A adaptação de todos no geral, um possível romance entre Jess e Rick, Daryl desconfiando de tudo e de todos, entre outras coisas. Mas, nessa semana, tivemos pouquíssimo disso. Só tivemos a revelação de que Jesse é agredida pelo marido. Isso ajuda a esquentar as coisas, que deverão explodir de ver no season finale.

Também tivemos o Padre Gabriel falando mal do grupo de Rick para Deanna. Eu nem lembrava que ele ainda estava na série. Minha reação quando ele apareceu foi “Nossa, ele ainda existe?!”. Mas enfim, ele disse à Deanna que Rick fez coisas ruins no passado e que ele e seu grupo são do mal.

E no outro plot, tivemos Glenn, Noah e Eugente em uma das típicas "saídas de campo" da série. Após serem abandonados por um dos habitantes de Alexandria,  Noah e Glenn ficam em uma situação complicada. E foi aí que tivemos uma das cenas mais fortes da série: Noah sendo dilacerado na frente Glenn.  Já dava de saber que o personagem do Chris não duraria muito, mas não tem como não ter ficado pelo menos um pouco chocado com tudo aquilo.

E, mais uma vez, a série entrega episódios que só empurram os acontecimentos para frente. A impressão que se tem é de que, exceto algumas cenas, foi tudo enrolação. Espero que as coisas voltem a esquentar, visto que faltam só mais dois episódios para o fim da temporada.

Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO