Review | Supernatural - Brother's Keeper (S10E23) [Season Finale]


Um finale no maior jeitinho Supernatural.



O tão temido season finale de Supernatural finalmente chegou e posso afirmar que pensei que estaria sofrendo mais. Comparando com o da temporada passada, que me deixou destruído com aquele cliffhanger, esse aqui foi bem tranquilo. Principalmente se levarmos em consideração a situação em que Dean estava. 

A primeira metade do episódio foi normal demais para um finale. Tão normal a ponto de eu estar estranhando. Basicamente, vimos Dean investigando um caso qualquer e Sam em cima de Rowena para que ela conseguisse realizar o feitiço que tiraria a Marca de Caim.
 

Dean decide fugir e tomou sua própria decisão de como terminar com toda aquela história. Recorreu à Morte. Só que a solução não era das melhores. Sam finalmente o encontra e acaba quase sendo morto pelo próprio irmão, que precisava fazer aquilo para o que tal plano funcionasse. Só que é óbvio que ele não iria matar o Sammy e acaba se virando contra a Morte. Dean matou a Morte. Um minuto para processarmos o quão irônico isso foi.

Enquanto isso, vemos Cass, Crowley e Rowena tentando realizar o feitiço de cura. Eles conseguem e dá certo. A Marca é retirada de Dean. Mas, após fazer isso, Rowena fica livre e enfeitiça Cass, que vai para cima de Crowley para matá-lo. E é isso. Será que Rowena tentará se vingar ou continuará só fazendo o que a interessa? E será que Cass matou Crowley? E esse feitiço fará alguma coisa com ele? No início da temporada ela fez algo parecido com aquelas mulheres, que acabaram morrendo depois. Vamos lançar a campanha #DontMessWithCass

Voltando para Sam e Dean, aparentemente tudo estava bem. Dean estava curado,  mas devido aos recentes acontecimentos, algo maior foi liberado. A Escuridão. No maior estilo Supernatural, vemos os irmãos tentando fugir do local e não conseguindo, com o Impala sendo tomado pela fumaça negra. Apesar de um pouco manjado (temporada sim, temporada não isso acontece), eu adorei esse final. Conseguiram deixar bons cliffhangers para o próximo ano e criaram uma nova ameaça que, pelo menos por enquanto, convence. 



Óbvio que Supernatural não está mais em sua época de ouro e que não tem o mesmo fôlego que tinha em seus primeiros cinco anos. Mas, após o limbo chamado sexta e sétima temporadas, temos que combinar que a série conseguiu se reerguer. No oitavo ano, com toda aquela história  dos Portões do Inferno, a trama já voltou a esquentar e conseguiu abrir caminho para a nona temporada, que foi ótima. A melhor nesses últimos cinco anos. Supernatural já está se prolongando? Sim. Mas pelo menos está fazendo um bom trabalho.

E você, o que achou do episódio? E da temporada no geral?

Nota da temporada

Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO