Resenha | O Temor do Sábio (A Crônica do Matador do Rei - Livro 2)

Título: O Temor do Sábio
Título Original:  Wise Man's Fear

Autor(a): Patrick Rothfuss
Editora: Arqueiro
Ano: 2011
Páginas: 960
Sinopse: Quando é aconselhado a abandonar seus estudos na Universidade por um período, por causa de sua rivalidade com um membro da nobreza local, Kvothe é obrigado a tentar a vida em outras paragens. Em busca de um patrocinador para sua música, viaja mais de mil quilômetros até Vintas. Lá, é rapidamente envolvido na política da corte. Enquanto tenta cair nas graças de um nobre poderoso, Kvothe usa sua habilidade de arcanista para impedir que ele seja envenenado e lidera um grupo de mercenários pela floresta, a fim de combater um bando de ladrões perigosos.

Confira a resenha do primeiro volume, O Nome do Vento


O temido e enorme “O Temor do Sábio”, é o segundo livro de “A Crônica do Matador do Rei”, escrita por Patrick Rothfuss, que já se tornou um grande nome da fantasia. E não é sem motivo. Sua obra é uma das mais bem escritas que eu tive contato nos últimos tempos. E convenhamos, não é qualquer um que é elogiado por George R. R. Martin daquela forma que consta na capa. 

Seguimos acompanhando Kvothe contando sua história para o Cronista, e vemos boa parte de sua trajetória na Universidade e outras de suas aventuras fora do lugar.  Aqui, o leitor não encontra, necessariamente, sequências e mais sequências cheias de ação e reviravoltas, mas a leitura é super gostosa e envolvente. Não há nada de tirar o fôlego, como em “As Crônicas de Gelo e Fogo”, por exemplo, mas é impossível deixar o livro de lado.

O ponto alto da obra, com certeza, é a escrita do autor. Ele te leva pela história de forma incrível, brinca com as palavras e te envolve de forma magistral. Dá gosto pegar um livro tão bem trabalhado como este, que só te faz querer mais e mais daquele mundo, daqueles personagens e daquela história. 

Disse isso na resenha de O Temor do Sábio e repito aqui: não deixe a quantidade de páginas destes livros se tornar motivo para lê-los. É uma leitura que vai demandar tempo, obviamente. Mas não é uma leitura difícil. A escrita é maravilhosa e te envolve de tal maneira a não se tornar cansativa. 

Leitura mais do que recomendada. Must-read para qualquer fã de fantasia e para qualquer leitor. É só largar o medo e a preguiça e se jogar nessa história mais do que incrível. 

O terceiro e último volume ainda não tem previsão de lançamento, o que é bastante triste. Mas nós sabemos que a espera será válida. 


Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO