Especial | Freaks and Geeks


O que eu estava precisando era de uma boa maratona de série e Freaks and Geeks foi a escolha perfeita. Lendo comentários positivos sobre a série desde sempre, vi a oportunidade de assisti-la quando a Netflix a adicionou no catálogo aqui do Brasil. Foram produzidos somente dezoito episódios entre 1999 e 2000. 

A série se passa em um colégio americano e, como o nome sugere, tem foco nos freaks, os esquisitões, e nos geeks – diferente de muitas séries e filmes americanos que sempre dão mais destaque aos jogadores de futebol e às lideres de torcida.

Assim como muitas séries que têm adolescentes, aqui temos muitos dos dramas característicos dessa fase. Freaks and Geeks aborda alguns temas sérios ao seu decorrer e te faz torcer pelos personagens. Mas, o que realmente me fez curtir os episódios, foi o fato de eles serem extremamente gostosos e divertidos de serem assistidos.


Principalmente as partes dos geeks, no qual víamos aqueles personagens, que recém haviam entrado na puberdade, aos 14 anos, lidando com todas as novidades que essa bela fase nos proporciona. Essas cenas eram as mais engraçadas de todas.

Outro trunfo da série é que ela foge dos clichês. Os dramas dos personagens são críveis e devem ser reais para muitas pessoas. Além de todo o clima de série adolescente dos anos 2000, que me agrada muito e não é mais visto nas produções de hoje. Afinal, o tempo passa não é mesmo?


Esta aí uma dica de maratona para um final de semana. Episódios divertidos, que te prendem e que estão disponíveis na Netflix. Não tem desculpa para não ver. 

Um adendo: o elenco da série conta com Linda Cardellini, James Franco, Seth Rogen e Jason Segel (sim, o Marshal de How I Met Your Mother!). É um bônus ver atores tão conhecidos nos dias de hoje atuando na adolescência.

Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO