EstanteComics | Retalhos


Sabe quando você termina uma leitura e fica extremamente feliz por tê-la realizado? Foi essa a sensação que tive com Retalhos.

A trama me tocou de tal forma, que, por mais que não seja uma das histórias mais alegres do universo, me fez bem e ficou no meu pensamento por muito tempo depois de eu virar a última página. E eu amo quando isso acontece.

Retalhos fala sobre a vida de Craig e mostra de forma muito realista sua passagem da infância para a adolescência e  tudo que transita por nossas cabeças neste período de tempo. Aborda ainda relacionamentos familiares e a primeira paixão. É difícil não se identificar e ver isso retratado de forma tão bonita é incrível.

Um ponto bastante tratado na obra é a religiosidade do protagonista. Criado em uma família extremamente devota, na medida em que cresce, Craig vai questionando se aquilo que seus pais pregam é válido para ele.

Foto: Lucas Zeferino
A leitura é extremamente rápida e fluida. O autor conseguiu casar muito bem o seu traço com o tom que a história precisava. Foi a combinação perfeita. Algumas páginas não possuem texto nenhum, só quadros ricos em detalhes e que conseguem transmitir tanto quanto, ou mais, do que palavras. Em vários momentos eu me pegava admirando os desenhos antes de passar para a próxima página.

Eu nunca havia lido um comentário negativo, sequer mediano, sobre Retalhos. Após a leitura me junto ao time dos que adoram este quadrinho e não hesitam em recomendá-lo. 

Os posts do EstanteComics não costumam conter avaliação no final, mas não posso perder a oportunidade de dar cinco estrelas para Retalhos.

Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO