5 livros nacionais voltados para o público jovem

Estamos mais do que acostumados a relacionar à literatura nacional somente livros clássicos, como os de Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade e Clarice Lispector. Que são, sim, obras incríveis e que não são consideradas clássicas por acaso. Mas, muitas vezes esses livros são lidos por obrigação na escola e não caem no gosto dos jovens por esse e outros motivos. Hoje, o mercado nacional já conta com livros mais próximos desse gosto e listamos aqui cinco deles que você precisa conhecer.


BOA NOITE


Boa noite é o primeiro romance de Pam Gonçalves, conhecida por seu canal no qual fala de livros e outros assuntos. Por mais que se trate de um “livro de youtuber”, gênero que tem causado bastante discórdia ultimamente, a obra é mais que só um produto feito para lucrar em cima de uma pessoa/marca. Pam entregou uma história bem bolada, com uma escrita de qualidade e que retrata muito bem a realidade de uma faculdade no nosso país, aproximando muito o leitor de tudo que está acontecendo na trama. Pam também aborda assuntos extremamente importantes e que devem ser discutidos e levados a todos na sociedade. E é incrível ver isso retratado em um livro YA, de forma tão fiel à realidade.


A ARMA ESCARLATE


A premissa de A Arma Escarlate é “e como seriam as outras escolas de magia ao redor do mundo?” Antes de Rowling divulgar que temos, sim, um centro de ensino bruxo, a Castelobruxo, a única versão que tínhamos era a criada por Renata Ventura. A autora retratou a realidade das favelas cariocas na obra e também a realidade das escolas brasileiras – diferente de Hogwarts onde tudo era, de fato, muito mágico.
Apesar de ser o “Harry Potter brasileiro”, o livro possui vida própria e uma história original. Seja no quesito ambientação, personagens, vilões, Renata não criou só uma cópia da obra de J. K. Rowling.


AZEITONA


Azeitona é o romance de estreia de Bruno Miranda, que iniciou no YouTube com o canal Minha Estante e hoje comanda o Bubarim. A história criada por ele é extremamente viciante, principalmente por ser meio fora da realidade. Quem em sã consciência decidiria ir em frente com uma gravidez falsa para tentar ganhar um reality show? OK, a grávida de Taubaté fez praticamente isso, mas não deixa de ser uma coisa louca, certo?
Além de bem bolado e escrito, o humor presente nos vídeos de Bruno também dá as caras em seu livro. Ele tem algumas tiradas geniais que vão te arrancar risadas, com certeza.
Confira a nossa resenha.



A ILHA DOS DISSIDENTES 


A trilogia de Bárbara Morais veio mostrar que podemos, sim, ter histórias diferentes de clássicos e de simples romances escritas no Brasil. Temos não só um livro envolvendo uma sociedade diferente da que vivemos, o livro ainda apresente pessoas com poderes especiais. Esse é o tipo de literatura que estamos muito acostumados, depois do boom de Jogos Vorazes e das distopias que se seguiram, mas é muito legal ver isso no cenário nacional. 




O AMOR NOS TEMPOS DE #LIKES


O amor nos tempos de #likes é uma coletânea de três contos escritos por Pam Gonçalves, Bel Rodrigues e Pedro Pereira e Hugo Francioni – os últimos assinam um conto em conjunto. Todos eles possuem canais no YouTube. Cada conto é baseado em um clássico da literatura e os reconta com uma pegada atual. Todos os três contos são bem escritos e, como visto nos canais dos autores, que fizeram diários de escrita, as histórias foram planejadas e não foram feitas de qualquer jeito. E isso reflete no resultado final. São contos de leitura rápida e que vão te prender e fazer você ler sem perceber o tempo passar. 

Lucas Zeferino

Redes Sociais

SNAPCHAT

SNAPCHAT

ANÚNCIO